terça-feira, 27 de setembro de 2011

Excerto Retirado do Livro "Jaulas Vazias" de Tom Regan


Os  animais têm direitos? Diversas pessoas dão diversas respostas. Às vezes as pessoas dão respostas diferentes por causa de uma discordância a respeito dos fatos. Por exemplo: uns acreditam que gatos e cães, galinhas e porcos não sentem nada; outros acreditam que sentem. Às vezes, diferentes respostas são dadas por causa de uma discordância a respeito de valores. Por exemplo: uns acreditam que os  animais não têm valor nenhum, a não ser enquanto interesse dos humanos; outros acreditam no oposto.

Divergências dos dois tipos são certamente importantes e serão exploradas adiante. Mas, mesmo sendo importantes, elas não tocam numa fonte mais básica de divisão de opiniões, que está relacionada exatamente à idéia dos direitos  animais.

Algumas pessoas acham essa idéia a mesma coisa que "ser bondoso com os  animais". Já que devemos ser bons com os animais, a inferência é óbvia: os animais têm direitos. Ou então elas pensam que direitos animais significam "evitar crueldade". Já que não devemos ser cruéis com os animais, a mesma conclusão procede: os animais têm direitos. Diante desses dois modos de entender os direitos animais, fica difícil explicar porque são tão polêmicos, com seus defensores de um lado, e opositores, de outro.

Essa controvérsia inflamada, muitas vezes ácida, que incita defensores contra opositores, nos informa que esses modos familiares de pensar (devemos ser bons para os animais; não devemos ser cruéis com eles) não conseguem captar o verdadeiro significado dos direitos  animais. Acontece que o verdadeiro significado é, como veremos, ao mesmo tempo simples e profundo.

Os direitos dos  animais é uma idéia simples porque, no nível mais básico, significa apenas que os animais têm o direito de serem tratados com respeito. E é uma idéia profunda porque suas implicações têm amplas conseqüências. Quão amplas? Eis alguns exemplos de como o mundo vai ter de mudar, uma vez que aprendamos a tratar os animais com respeito.
Vamos ter de parar de criá-los por causa de sua carne.
 Vamos ter de parar de matá-los por causa de sua pele.
Vamos ter de parar de treiná-los para que nos divirtam.
Vamos ter de parar de usá-los em pesquisas científicas.

Cada exemplo ilustra a mesma lógica moral. Quando se trata de como os humanos exploram os  animais, o reconhecimento de seus direitos requer abolição, não reforma. Ser bondoso com os animais não é suficiente. Evitar a crueldade não é suficiente.

Independentemente de os explorarmos para nossa alimentação, abrigo, diversão ou aprendizado, a verdade do direito dos  animais requer jaulas vazias, e não jaulas mais espaçosas."

A INVERDADE DOS RÓTULOS
Os opositores acham que direitos  animais é uma idéia radical ou extrema, é não raramente rotulam os defensores dos direitos  animais de "extremistas". É importante entender de que forma esse rótulo é usado como instrumento retórico para evitar a discussão informada e justa; do contrário, aumentam as chances de não termos uma discussão com esses atributos.

"Extremistas" e "extremismo" são palavras ambíguas. Em um sentido, extremistas são pessoas que fazem qualquer coisa para atingir seus objetivos. Os terroristas que destruíram as torres gêmeas do World Trade Center eram extremistas nesse sentido; estavam determinados a fazer de tudo para conquistarem seus fins, mesmo que isso significasse matar milhares de seres humanos inocentes.

Os defensores dos direitos  animais (DDAs) não são extremistas nesse sentido. Vou repetir: os DDAs não são extremistas nesse sentido.

Mesmo os mais combativos defensores dos direitos  animais (os membros da Frente pela Libertação Animal, digamos) acreditam que haja limites morais absolutos para o que pode ser feito em nome da libertação  animal: certos atos nunca devem ser cometidos, de tão ruins que são. Por exemplo, a Frente se opõe a ferir ou matar seres humanos.

Em outro sentido, a palavra extremista se refere à natureza incondicional daquilo em que as pessoas acreditam. Neste sentido, os defensores dos direitos  animais são extremistas. De novo, deixe-me repetir: os DDAs realmente são extremistas, neste sentido. Eles realmente acreditam que é errado treinar  animais selvagens a representar atos para o entretenimento humano, por exemplo. Mas, neste sentido, todo mundo é extremista. Por quê? Porque há algumas coisas às quais todos nós (espero) nos opomos sem restrições.

Por exemplo, todos que estão lendo estas palavras são extremistas, quando se trata de estupro; somos contra o estupro o tempo todo.

Cada um de nós é um extremista quando se trata de abuso infantil; somos contra o abuso infantil o tempo todo. De fato, todos nós somos extremistas quando se trata de crueldade com os  animais; nunca somos a favor disso.

A verdade pura e simples é que pontos de vista extremos são, às vezes, pontos de vista corretos. Assim, o fato de nós sermos extremistas, no  sentido de termos crenças incondicionais a respeito do que seja certo ou errado, não oferece, por sí só, razão para se pensar que estejamos errados. Então a questão a ser examinada não é: "Os DDAs são extremistas?" A questão é: "Eles estão certos?"

Como veremos, esta pergunta quase nunca é feita, e, menos ainda, respondida adequadamente. Uma conspiração entre a mídia e alguns fortes interesses se encarrega disso. "

- Retirei este excerto do livro "Jaulas Vazias" de Tom Regan do um blog extraordinário que eu sigo, onde existem petições para assinar pela Defesa dos Direitos dos Animais e não só, vale a pena visitar: 
. NOTA.: As fotos que utilizei no meu blog, foram tiradas da net sem autoria das mesmas. Caso alguém conheça o autor das fotos, agradecia que me fosse comunicado, para que eu possa dar os devidos créditos.
Obrigado.  Ana Maria
.MUITA LUZ!

5 comentários:

  1. Amada irmã Ana Maria,

    Saiba que esse texto também emocionou-me. É muito bom quando encontramos pessoas com afinidade de pensamento e alma. Às vezes nos sentimos meio que Ets, não é mesmo? (risos).
    Não é só seu país que te envergonha, o Brasil não fica atrás no índice da maldade, da crueldade e da falta de leis que realmente funcionem a favor dos nossos amados animais. Muitos amigos que tenho, que chamo de Anjos de Luz levantam a Bandeira em prol da defesa dos animais e sofrem muito com o descaso do nosso país. Esses amigos são realmente SERES HUMANOS dotados de sensibilidade e amor ao próximo. Também não como carnes, sou muito feliz por isso. Quero agradecer-lhe por ter repartido um pedaço do seu enorme coração, da sua história comigo. Adorei fazer parte dela pelo menos nesse momento que escrevo essas linhas. Fiquei maravilhada com sua família, Deus lhe proporcionou na medida exata de seus sonhos uma família iluminada, abençoada e feliz. Sinto que todos são felizes, principalmente os animais que estão rodeados de ANJOS REVESTIDOS DA FIGURA HUMANA, que são todos vocês. Sobre escrever tanto, fique a vontade... esse Hospital Espiritual não é meu, são de todos aqueles que por aqui passam e deixam um pedaço do coração e levam um pedaço do meu. Quero que saiba que você tem um lugar muito especial por aqui. Sobre o livro, acabei de encomendá-lo em uma livraria (espero que chegue em breve estava em falta). Sobre o texto, pode partilhar com todo amor, espero que ele chegue no alcance da alma de todos que lerem, da mesma maneira que chegou na sua. Todos os dias minha irmã terráquea, Deus nosso Pai nos brinda com muitos presentes e sua amizade foi mais um presente para mim. Eu agradeço a luz que deixou brilhar por aqui.

    Abraço fraterno

    ResponderEliminar
  2. Amiga, lindo texto.

    Sabe acho que quem é capaz de um simples gesto de agressão com um animalzinho, é capaz de tudo...

    Vamos continuar fazendo nossa parte levantando a voz sempre.
    Beijos de flores.
    Lua.

    ResponderEliminar
  3. Passando pra te deseja um bom final de semana, com muitas alegrias e tranquilidades.
    Beijos coloridos.
    Lua.

    ResponderEliminar
  4. Obrigado Esperança, pelas suas amáveis palavras. Sou abençoada sim, pela familia extraordinária que tenho, pelos animais que me rodeiam e que já são mais que meus amigos, são também a minha família e pelos amigos bons e especiais que tenho e também por aqueles que sempre me vão aparecendo na vida. Obrigado e Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderEliminar
  5. Amiga Lua, desejo-lhe também um bom fim-de-semana. E concordo consigo, quem é capaz de maltratar um animal, é capaz das piores atrocidades!
    Beijinhos de Fadas.
    Ana Maria

    ResponderEliminar

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...