sexta-feira, 16 de outubro de 2015

A MINHA FELICIDADE!


Hoje decidi escrever o que sinto sempre que muda a estação, sempre que passamos do Verão para o Outono. Bem, concordo que me deixa um pouco nostálgica e deprimida a falta de sol, os dias cheios de nuvens e chuvosos, dão-me realmente nos nervos. Sei lá, custa-me a habituar à ideia de viver sempre debaixo de dias cinzentos e mal-humorados, é como se de repente o tempo ficasse zangado e eu não entendesse porquê. Ainda tenho muitas flores nos canteiros, mas olho o horizonte e tenho vontade de guardar nas minhas mãos as flores abertas e de guardar em frasquinhos o seu perfume.
 Os dias começam a pedir aconchego, a pedir uma mantinha sobre os pés e isso sabe-me bem, confesso. Nestes novos dias mais curtos, gosto dos novos cheiros, do cheiro a terra molhada, do cheiro a castanhas quentinhas e até do cheiro das noites frias que se avizinha. A minha natureza indica-me que é a altura de recolha, de providenciar para o Inverno que se aproxima, e dou comigo de repente a ficar cheia de lãs e agulhas para tricotar nas noites longas e frias que se avizinham. Dou comigo a planear os serões com aquele cházinho e aquele bolo tão especiais, que me façam sentir mesmo em casa, também é claro, sempre acompanhada de um livro muito bem escolhido para me fazer telelivrar, daqui para outros lugares, muito distantes no tempo e no espaço. 
Apercebo-me agora de que gosto de muitas coisas. E há muitas coisas que me fazem feliz. A melhor delas é estar em casa a ouvir o barulhinho da chuva miudinha a bater nas vidraças, a cair lá fora. Simples, não? É, mas para mim são as coisas mais simples da vida as que me proporcionam mais prazer. Eu não me levo muito a sério, (Amo rir) e tento sempre acreditar que o propósito da nossa existência aqui é pura e simplesmente o da evolução, por isso tenho uma postura perante a vida descontraída, leve, simples, calma e cheia de compaixão por tudo o que me rodeia. Talvez por tudo isto que sinto cada vez que muda o tempo ou a estação do ano, eu também mudo. 
Mas há uma coisa em mim que nunca muda, é o facto de eu ser feliz. Porque a única coisa que posso carregar comigo e que me ilumina os meus dias, é a MINHA FELICIDADE!
Ana Maria

Votos de um lindo e Iluminado fim-de-semana.

MUITA LUZ!

2 comentários:

  1. Olá Ana Maria
    Ter consciência do que se quer já é a garantia para a felicidade. Estar de bem com a vida e bem resolvida com o ego nos torna pessoas mais completas, sabedoras daquilo que nos propicia felicidade. Viver em harmonia acatando as mudanças e procurando as adaptações é a certeza de que tudo serão em promoção da nossa felicidade
    Formidável a tua reflexão minha querida
    Beijos

    ResponderEliminar

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...