domingo, 24 de novembro de 2013

ABRACADABRA

Thou shalt on paper write the spell divine,
Abracadabra called, in many a line,
Each under each in even order place,
But the last letter in each line efface.
As by degrees the elements grow few
Still take away, but fix the residue,
Till at the last one letter stands alone,
And the while dwindles to a tapering cone.
Tie this about the neck with flaxen string,
Mighty the good ‘twill to the patient bring.
Its wondrous potency shall guard his head.
And drive disease and death far from his bed.”

Este é o poema que o Rei Charles William escreveu sobre a palavra Abracadabra. Ao ler este poema não podemos deixar de sentir o grande e enorme poder desta palavra, cuja origem nunca se chegou a definir por completo. Fontes sugerem o Aramaico ou o Hebreu como origem desta palavra, mas segundo Helena Blavatsky a teoria de Godfrey Higgins estava quase certa, pois segundo este tinha origem em “Abra” ou “Abar”, o Deus Celta e “Cad”, que significava Santo e era utilizado como um talismã, com a palavra gravada sobre Kameas (uma espécie de quadrado) que era usado sobre o peito por baixo das vestimentas. Helena Blavatsky defendeu assim que o termo Abracadabra era uma derivação da palavra gnóstica “Abraxas”, que por sua vez era uma derivação da antiga palavra copta ou egípcia “não me firas” sendo que os hieróglifos se referiam à divindade como Pai.

Apesar de não se saber em concreto a sua origem, uma coisa é certa a sua poderosa força mágica. Acredita-se desde tempos imemoriais que ela possui a essência de quebrar, afastar e dissolver as energias negativas nas nossas vidas.
Ao desdobrarmos letra por letra e formando um triângulo que acaba na letra “A” este fica com a força subtil da natureza ligada ao elemento fogo, purificador e transformador. Ao mesmo tempo que o desdobramento desta palavra no triângulo gera o arquétipo do número 11, que é a soma do número de letras que compõe esta palavra. Onze linhas compõem o triângulo da construção da própria palavra que gera então grande força e dinamismo. O Tarot também está aqui presente através do arcano Maior número 11 – a Justiça, que representa o equilíbrio entre o espírito e a matéria, a razão e a emoção, o intelecto e o instinto.

A palavra Abracadabra é também um mantra que quando entoado correctamente acreditava-se possuía poderes curativos, para o fazer dever-se-ia entoar o mantra dando mais enfase à letra “A”. Diz-se ainda que se repetir a sequência 49 vezes da base da pirâmide até ao cimo da mesma, lendo linha a linha à medida que sobe e de forma que entoe as palavras que vai lendo, estaremos a falar a linguagem dos Anjos, pois estamos a falar com o coração.

Hoje em dia e apesar do seu sentido ter sido distorcido através da magia, como quando os mágicos fazem um truque e dizem Abracadabra, dando a impressão ao público que estão a invocar poderes sobrenaturais, esta palavra continua a possuir fortes emanações quando utilizada correctamente. Pode usar um triângulo feito por si num papel com a palavra Abracadabra escrita, quando pressentir que alguma energia negativa se aproxima de si e está a ganhar força. Pode ser ainda usado na sua carteira, debaixo do teclado do computador ou no debaixo do tapete de entrada na sua porta para a proteger de energias negativas, seja como for que o use, tenha sempre presente que ele terá mais poder se não for visto. 
Esteja em paz com a natureza e com o divino, esteja em harmonia com o cosmos, sinta-se livre de invocar palavras com poder mágico para o seu próprio bem estar mas sempre sem ferir os outros. Só assim o universo terá paz, só assim o universo terá o equilíbrio tão necessário ao nosso desenvolvimento espiritual.

MUITA LUZ!

Imagens retiradas de pesquisa na net desconheço os seus autores. 

6 comentários:

  1. Nunca soube disso e tambem não mais esquecerei.
    Acredito.

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Tudo muito curioso e com palavras finais de uma Mestra!!!
    Olha Ana, coisa mais linda seu comentário no meu blog e você merece precipitar tudo o que pensar e sentir...afinal é só coisa boa e definitivamente você escolheu bem esta época para nascer...belo ser humano você é!
    Obrigado por seu interesse e carinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Ricardo, agora você me comoveu com as suas palavras, muito obrigada. Eu visito o seu cantinho sempre que posso e sem dúvida que lá me sinto em casa, adoro as coisas que você escreve, são de uma sabedoria magnífica e de uma cultura grandiosa.É uma honra e um prazer ser sua amiga.
      Beijinhos de Luz no seu coração!
      Ana Maria

      Eliminar
  3. Muito bacana o post não tinha a menor ideia de como esta palavra tinha surgido..gostei!!!

    ResponderEliminar
  4. Adorei essa postagem amiga.
    Já copiada e registrada.

    A saudade esta sempre presente,mais o amor esta junto também, então isso é que importa...

    Te adoro minha linda irmã/amiga.
    Beijinhos de cerejas.

    ResponderEliminar

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...