quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

COMO APROVEITAR ESPAÇO NA SUA CASA

Tenho andado por aqui com umas invenções, pois o meu espaço é muito reduzido, como moro num apartamento e além dos filhos tenho os meus pets, já sem falar nos meus amados bonsais, tenho muito pouca arrumação. Então resolvi começar a aproveitar alguns espaços na casa e que como vão ver a seguir, são uma óptima idéia para quem precisa desesperadamente de arrumar e de manter as coisas no seu lugar.

 Esta é a minha cama, é daquelas de ferro alentejanas e alta. para aproveitar o espaço que fica por baixo dela e que nunca se utiliza para nada, (a não ser para esconder algumas tralhas rsrs), decidi desenhar e mandei fazer a um carpinteiro meu amigo umas gavetas enormes.
Este foi o resultado. São umas gavetas simples, sem puxadores pois não é preciso tem espaço suficiente para colocar as mãos por cima e puxar. E as gavetas tem rodinhas por baixo o que facilita a sua abertura.

Fica aqui uma idéia do tamanho só de uma das gavetas, mandei fazer quatro, incrível, não é?
Agora já tenho muito mais espaço para arrumar um sem número de coisas, como os lençóis, toalhas ou até aqueles trabalhos manuais que ainda não estão acabados e andavam espalhados pela casa.
Espero que vos tenha dado uma idéia do que se pode fazer para melhorar mais a nossa casa, basta inventar e por em prática!
Espero que tenham gostado.

Muita Luz!

MAIS UM SELINHO GANHO.

Recebi este selinho da minha amiga Lua do blog http://anagic.blogspot.com
visitem o seu cantinho vão amar, lá tem receitas maravilhosas. Bem as regras são divulgar quem te presenteou e repassar para 10 amigos, que por sua vez vão também poder divulgar e serem vistos. Deixo aqui a lista:

1 - http://coisasdaprofessoraerica.blogspot.com
2 - http://tecart-esther.blogspot.com
3 - http://misturadeafectos.blogspot.com/
4 - http://lecreazionidicris.blogspot.com
5 - http://nososcachorros.blogspot.com/
6 - http://sandrapontos.blogspot.com/
7 - http://bauzinhodegraficosdavana.blogspot.com/
8 - http://manuela-agulhamagicadamanuela.blogspot.com
9 -http://agulhaspinceisemais.blogspot.com
10 -http://artemanianeusa.blogspot.com

Muita Luz!

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

SÓ UMA MULHER É QUE SABE...

- O que é passar a vida inteira a lutar contra o seu próprio cabelo.
- O que é tentar dormir, enquanto o marido ressona a bandeiras despregadas.
- Fingir que está tudo bem, quando acaba de descobrir que o seu marido tentou pular a cerca. -
Comprar uma blusa que não combina com nada, porque o preço estava irresistível!

- De memória quem se casou, quem se separou, quem deixou a carreira e quem anda amantizado com quem com um simples olhar! 
- Ter uma bolsa que parece a necessaire da avó do 007, de tantas coisas acumuladas e incríveis que existem dentro dela.
- Falar de intimidades que os homens nem sequer imaginam.

- O quão irritante é ter sempre a tampa da sanita levantada para cima.
- O que é ser tratada como uma idiota pelos mecânicos de uma oficina.
- Fingir naturalidade durante um exame ginecológico. 
- O poder de uns jeans ou de uma blusa de lycra, para sustentar a estrutura do corpo.

- Ter crises conjugais, crises existenciais, crises de identidade, crises de nervos!
- Ser mãe solteira, mãe casada, mãe separada e... mãe do marido.
- Ver uma partida de futebol (só para fazer companhia ao noivo).

- Lavar as cuecas no chuveiro, e depois pendurar no toalheiro (para horror do sexo masculino).
- Comer uma caixa inteira de bombons porque brigou com o noivo, passar mal, e sentir-se destruída porque saiu da dieta.

- Escutar que... 'mulher ao volante é um perigo constante.'
- O que é depilar as pernas a cada 15 dias, com cera!
- Como se sente, quando rasga as meias à entrada de uma festa.
- Sentir-se pronta para conquistar o mundo, só porque está a usar um batom novo.

- Sentir-se realmente infeliz, porque não tem uma roupa linda para sair (embora tenha o armário repleto!).
- Chorar no banho, e olhar-se no espelho para ver qual é o melhor ângulo.
- O que é descobrir que a sua relação e o mundo se acabou... e depois descobrir que não era nada mais que a síndrome pré-menstrual.
- Colocar uma faixa apertada para disfarçar a barriga.

- Dançar, cantar e caminhar no sétimo céu... só porque 'ele' ligou ou escreveu. (ESTOU CERTO QUE TE AMO).
- Brigar, só para depois fazer as pazes.
- Dizer não, para que ele insista bastante, e depois dizer... sim!

- Chorar, extasiada de felicidade, e... rir, tomada de fúria...
- Ficar esperando o marido na cama, quando ele está a jogar videojogos no computador...
- O milagroso poder curativo de... um beijo..., um gesto..., e uma palavra doce.
- Ser santa, filósofa, mestra, médica, psicóloga, redentora, administradora, cozinheira, organizadora, juíza... e etc, antes de começar a pensar nela mesma. 
- O que é estar tão cansada depois de um dia de trabalho arrasador, duas horas de trânsito infernal para chegar a casa, os filhos reclamando atenção, os pets a necessitar de cuidados, estar a fazer o jantar com uma mão e com a outra confortar a sogra pelo telefone porque se sente sózinha e ainda ouvir o marido a dizer... tou mesmo de rastos, logo mais vou precisar que você me faça uma massagem!



ENFIM, SÓ UMA MULHER SABE O QUE É... SER MULHER!!!

Muita Luz!

(Imagens retiradas de pesquisa na net, desconheço os autores)

domingo, 26 de fevereiro de 2012

CELEBRAÇÃO DOS 95 ANOS DA MINHA AVÓ ROSÁRIA.

Ontem dia 25 de Fevereiro foi um dia muito especial aqui na minha família, a minha Avó Rosária fez 95 anos. Sempre bem disposta e alegre, está bem de saúde graças a Deus (à parte de umas dorzitas nos joelhos) e sabe os nomes de todos os netos e dos seis bisnetos. É a Matriarca da família, o pilar que nos sustem e nos anima. Tem sido sempre um modelo para nós, sempre nos deu exemplo de como ajudar os outros, mesmo correndo riscos em o fazer. Sofreu muito toda a vida, mas nem por isso deixava de ajudar e de ser amável para com as pessoas da nossa terra Galveias (Distrito de Portalegre). Nesta altura da sua vida está a gozar de paz e tranquilidade que sempre desejou e que nunca teve, por isso está feliz e bem de saúde, é a lei da vida como ela diz: "Quem começa bem, acaba mal e quem começa mal, acaba bem" Sábia está minha querida Avó. Para mim ela é mais do que a minha avó, sempre foi uma Mãe, aturava todos os netos e ainda criou desde bebé a minha irmã mais velha, é por isso que todos nós a amamos muito e lhe desejamos muitos Parabéns e muitos anos de vida na nossa companhia.


Muita Luz!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

REZAS; BENZEDURAS E LADAÍNHAS POPULARES


Desde tempos imemoriais que as plantas e as ervas possuem virtudes e propriedades muito importantes para o ser humano. Outrora consideradas como filhas da Divina Mãe, foram sendo popularizadas através do culto do sagrado, ao qual só alguns tinham acesso aos seus atributos mágicos. Desenvolveu-se deste modo as crendices populares, esconjuros, ensalmos, as fórmulas para atalhar ou as mézinhas para curar praticadas pelas chamadas “mulheres de virtude”, “benzedeiras” ou “talhadeiras”. Eram praticadas também pelos feiticeiros, mas mais raramente. As plantas e a sua preparação, bem como a sua aplicação era acompanhada por vezes por ladaínhas ou rezas. As rezas e as benzeduras eram utilizadas para curar doenças e afastar todo o tipo de males, constituindo assim parte da “medicina popular”. Existem na nossa cultura popular rezas para conseguir dormir, para arranjar casamento, para ser feliz ou não faltar dinheiro. Bem como existem um sem números de benzeduras para quase tudo como, tirar o quebranto, o cobreiro, o sapão ou a espinhela caída entre outros. Tudo isto foi passado oralmente de gerações para gerações, razão pela qual por vezes existe diferença nas rezas e benzeduras, dependendo do local onde se encontra. No sentido de recuperar estes valores tão preciosos e de buscar bem lá no fundo as raízes da nossa cultura, vou fazendo aqui uma espécie de colectânea, de apanhado de tudo o que eu conseguir encontrar pelo nosso país fora, de maneira a que no tempo não se perca a nossa identidade ligada à Mãe Natureza.

REZA PARA PROTEGER DAS TROVOADAS 

Quando nosso Senhor pelo mundo andou em São Bartolomeu poisou,
quatro cantos tinha a casa e quatro tojos se acendiam.
Nosso Senhor disse-lhe:
“Santo António onde vais? Na terra ficarás e as coisas perdidas acharás,
São Tiago de Galiza quer em casa quer em malhada,
onde esta oração for nomeada
nem cairá raio nem peste ruím,
nem boca do fogo fará mal.
São Geraldo, Santa Bárbara bendita,
No céu esteja escrita, papeis e água bendita
Deus nos livre desta tormenta.

Beira Baixa - Penha Garcia / Raia

REZA CONTRA OS COBRÕES

Os Cobrões são borbulhas que começam por se formar em linha e que teêm tendência a dar a volta ao corpo, dizem que quando se une a cabeça com o rabo a pessoa que é afectada morre.
Queima-se a palha dos alhos num recipiente e deita-se um fio de azeite na cinza da palha de alho, que se vai mexendo formando deste modo uma pomada.
Com um pano embebido na pomada, vão-se fazendo cruzes onde estão as borbulhas e diz-se a seguinte reza, fazendo sempre o sinal da cruz:

“Em nome de deus te atalho
Se és cobra ou cobrão
Lagarto ou lagartão
Sapo ou sapão
Bicho de má nação
Que fique negro
Como carvão.”

Beira Baixa - Dornelas do Zêzere / Pampilhosa

OUTRA REZA PARA ATALHAR COBRÕES

Para atalhar fazes-se três vezes com as costa de uma faca voltadas para o cobrão ao
mesmo tempo que se diz:
“Aqui te corto cobrão cabeça de abo e coração”.
No início e no fim benzem-se e dizem:
“Em nome do Pai do Filho do Espírito Santo”.
De seguida mistura-se cinza de palha com mel sendo a mistura aplicada sobre as
borbulhas do cobrão. Isto é feito três vezes ao dia.

Beira Baixa - Alcains

MUITA LUZ!

Fontes: Partes do texto extraídas de "Histórias e Superstições na Beira Baixa" de José Carlos Duarte Moura.
Imagem retirada de pesquisa na net, desconheço o autor.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

LOSAR LHAKAR

Este ano o Novo Ano Tibetano ou “Losar” coincide com a “Quarta-feira Branca” (Lhakar), o dia da semana em que vários Tibetanos decidiram canalizar a sua resistência para actividades simples que acentuem o seu carácter Tibetano e a sua unidade com outros Tibetanos.
 
Desta forma no dia 22 de Fevereiro de 2012 (início do ano 2139 do Dragão-Água) serão realizadas orações e vigílias em todo o mundo, com o intuito de relembrar todos os Tibetanos que perderam as suas vidas (já 23 Tibetanos se imolaram no Tibete) e comemorar a coragem do povo Tibetano no Tibete, que continua a resistir à opressão e ocupação por parte das autoridades Chinesas.

Para comemorar o Losar Lhakar se for possível tente:

* Acender velas ou lamparinas de manteiga como forma de dar as boas vindas ao Ano Novo Tibetano e honrar a coragem dos Tibetanos que continuam a resistir à ocupação Chinesa.

*Pendurar uma “khatag” (lenço tradicional Tibetano) na porta de casa para deixar entrar a mudança, a esperança e a renovação em 2139/ 2012.

* Exibir uma fotografia de S.S. o Dalai Lama uma vez que, no Tibete, os Tibetanos não estão autorizados a fazê-lo.

* Participar na acção de rua que decorrerá no Chiado (junto à saída de metro) em Lisboa pelas 18h00 de hoje.
Assinaremos bandeiras de oração Tibetanas que posteriormente serão enviadas para Dharamsala, onde serão colocadas no Templo Namgyal situado em frente à residência de S.Santidade Dalai Lama, juntamente com bandeiras assinadas em inúmeros pontos do nosso planeta. Participem caso possam, não demorará mais do que 5 minutos!

Continuaremos a contar com o vosso apoio em todas as iniciativas que realizaremos com o propósito de dar voz a quem viu a sua ser silenciada e contribuir para uma alteração da situação vivida pelos Tibetanos no Tibete.


A todos desejamos um muito feliz Losar Lhakar!

P' Grupo de Apoio ao Tibete.

Muita Luz!

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012


Umas das coisas que me fascinou logo na cultura Tibetana foi o facto de possuir uma ética muito clara e definida, bem como várias regras que quando aplicadas ao nosso quotidiano, nos permitem usufruir de comportamentos eticamente correctos, entre os quais evitar conflitos, e evitar irritarmo-nos constantemente durante o dia. Segundo o Budismo toda a acção negativa provoca consequências negativas para a pessoa que a praticou. Gostaria de esclarecer aqui um mal entendido que surge por vezes quando falamos em mudarmos as nossas atitudes. Ao adoptar os princípios do Budismo, não significa que eu tenha de me policiar a todo o instante, pelo contrário estes princípios servem de instrumentos para eu poder entender a minha estrutura interna e os meus hábitos mentais. Quando adoptamos comportamentos inadequados ou excessivos, os nossos padrões de comportamento físicos, mentais e emocionais geram condições para a manifestação de doenças. Assim sendo esses comportamentos são a origem imediata das doenças manifestadas no nosso corpo. Uma vez na posse destes conhecimentos, posso assim perceber os efeitos que certas atitudes tinham sobre a minha saúde. É fácil pois perceber que os objectivos destes princípios não são o de restringir ou de censurar toda a nossa espontaneidade individual, pois essa é uma identidade muito nossa que devemos preservar. Eu regulo-me segundo princípios como: 

Cumprir com a minha palavra de honra. Não deixar que nenhuma pessoa me impeça de agir com senso ético. Não me envolver em brigas ou discussões. Procuro agir com honestidade e respeito para com os meus parentes e amigos, mas também com todos ao meu redor.

Todos os seres sencientes possuem a oportunidade de libertação do sofrimento, porque a felicidade é um estado de espírito a que todos têm direito, inclusive os animais. 
Deste modo ao cuidar das suas atitudes e comportamentos, estará também a cuidar da sua saúde, permitindo ao seu organismo alcançar a longevidade. 

A MANTEIGA

A manteiga pode ser fabricada a partir do leite
Porque contém a gordura necessária para tal.
Não se pode fabricar manteiga a partir da água.
O garimpeiro encontra ouro nas rochas, não nas árvores.
Do mesmo modo, tentar ser como Buda só tem sentido
Porque a natureza Búdica já existe em todos os seres vivos.
Se esse potencial não existisse,
Todas as tentativas nessa direcção
Seriam uma perda de tempo.

Jamgôn Kongtrul

MUITA LUZ!

domingo, 19 de fevereiro de 2012

CALOR INTERNO


O Budismo Tibetano atribui um valor muito importante à criação do "Calor Interno", ao qual chamam Tumo. Nas provas de iniciação avaliava-se o progresso do aluno contando o número de panos húmidos que ele conseguia secar com o corpo nu durante uma noite gelada de inverno no meio da neve. Alexandra David-Neel (1868-1969), orientalista francesa que viajou muito pelo Tibete, foi uma das testemunhas presenciais desta prova, a qual descreveu deste modo:
“Os panos são mergulhados em água gelada, congelam e ficam duros por causa do frio. Os alunos enrolam-se nestes panos e têm de os derreter e secar com o corpo. Logo que isto acontece, o pano é novamente mergulhado na água e começa tudo de novo até ao nascer do dia.”
Os Monges Budistas e os Iogues Indianos conseguem aumentar a temperatura do corpo através da concentração. Diz-se que o poeta e asceta budista Milarepa (1038-1123), possuía dons invulgares que adquiriu durante a sua longa e extraordinariamente rigorosa formação budista. O Mestre de Milarepa insistia muito na prática do “Calor Interior” Tumo. Milarepa passou muitos anos a meditar nas cavernas geladas dos Himalaias, envergando apenas uma túnica de algodão fino.
As práticas para criação do “Calor Interno” implicam a acção de uma consciência muito desperta, da qual resultam vivências de forças mágicas, visões e êxtases. Para o Budismo Tibetano estes e outros dons fora do comum possuem um significado central, pois um dos seus principais fundadores Padmasambhava (séc VIII d.c.) era considerado um grande mestre da magia. Diz-se que, com os seus poderes Padmasambhava dominou os poderosos demónios nativos e abriu caminho aos ensinamentos de Buda no Tibete.

MUITA LUZ!

Fontes: Texto extraído de "Enigmas do Oriente"


terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

WHITNEY HOUSTON - I WILL ALWAYS LOVE YOU



Mais uma Diva da música cuja voz se calou, mas nos nossos corações e emoções permanecerá para sempre!
Era e será sempre a minha cantora favorita. Sucumbiu ao estilo de vida e de drogas habitual infelizmente neste mundo, sem ter a oportunidade de demonstrar a criatura maravilhosa que foi.  Até um destes dias Whitney não aí em cima, mas aqui em baixo, quem sabe ao passar numa rua onde te ouça essa tua voz celestial e magnifíca!
Descansa em Paz!

MUITA LUZ!

PORTUGUESES DESCOBREM SER VIVO MAIS ANTIGO DA TERRA


Uma equipa luso-espanhola revelou a descoberta, no Mar Mediterrânico, do ser vivo mais velho da Terra, uma planta marinha que terá pelo menos 100 mil anos, disse hoje à Lusa uma das autoras da investigação. A descoberta foi publicada na semana passada na revista «Public Library of Science One» e refere-se a um trabalho científico que decorreu entre 2005 e 2009, tendo por objecto a planta Posidónia oceânica. «Descobrimos espécimes da Posidónia oceânica que poderão ter entre 10 mil e 100 mil anos e possivelmente mais. Nunca se tinha encontrado na Terra um ser com uma idade tão avançada», garantiu a investigadora Ester Serrão, do Centro de Ciências do Mar da Universidade do Algarve, que liderou a equipa portuguesa. O trabalho científico tinha como objectivo medir a área abrangida por um mesmo indivíduo daquela espécie, de forma a calcular a sua idade, com base no conhecimento de que a taxa de crescimento da espécie é de 4 centímetros ao ano. «A espécie conhece-se há muito tempo, mas o que nós conseguimos agora foi descobrir onde começa e acaba um mesmo indivíduo da espécie», explica Ester Serrão, observando que, «quando vemos uma pradaria marinha, não sabemos à partida se vem de uma mesma semente ou de várias sementes». Assim, o estudo visava determinar se uma planta com um segmento em determinado local do Mediterrâneo era a mesma que tinha um segmento num outro local, investigação que foi feita com recurso ao estudo das características genéticas desses segmentos, feito posteriormente em laboratório. «Através das características genéticas, podemos ver se as plantas que se encontram em determinado local vêm todas da mesma semente e portanto se é o mesmo indivíduo, que se vai reproduzindo, formando clones de si próprio», afirma Ester Serrão. Sublinha que, nos casos em que se copia a si própria, um mesmo espécime de Posidónia oceânica «pode ocupar centenas de metros ou quilómetros, sem que se forme um indivíduo novo, pois é sempre o mesmo indivíduo a crescer». Ester Serrão compara os métodos laboratoriais para determinar a «pegada genética» dos espécimes aos usados para fazer testes de paternidade em humanos ou nas investigações que se podem seguir a um crime, baseados nos marcadores genéticos existentes nas amostras recolhidas. Assentes naqueles métodos, a equipa luso-espanhola descobriu vários indivíduos com cerca de 7 quilómetros e um mesmo indivíduo com um comprimento total de 15 quilómetros. Ainda assim, há vários outros indivíduos com dezenas de milhares de anos, recolhidos nos 1.544 campos de amostras existentes em 40 pradarias marinhas ao longo dos 3.500 quilómetros de comprimento do Mar Mediterrânico. A cientista lamenta que, apesar da sua resistência e longevidade, a Posidónia oceânica esteja a desaparecer a uma taxa que se estima em 10% nos últimos 100 anos, sobretudo devido à turvação da água provocada pela poluição marítima, lembrando que a erva marinha se alimenta da luz do Sol, pois faz a fotossíntese.  Sublinhou que se trata de uma planta indispensável para o desenvolvimento da biodiversidade no sul da Europa, sendo essencial para o crescimento e desenvolvimento de várias espécies de peixe, como elo da cadeia alimentar oceânica.


MUITALUZ!

Texto retirado:
Foto retirada:

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

SE VOCÊ FOR CAPAZ


Se você for capaz…
…de começar o dia sem cafeína;
…de enfrentar o dia sem estimulantes;
…de estar sempre de alto astral, ignorando todas as dores;
…de ficar sem reclamar e encher as pessoas com os seus problemas;
…de comer a mesma comida todos os dias e for grato por isso;
…de entender que os seus entes queridos estão muito ocupados para lhe dar atenção;
…de perdoar quando os seus entes queridos descontam em você quando, por motivos pelos quais você não tem culpa, algo dá errado;
…de aceitar críticas e censuras sem ressentimentos;
…de ignorar a falta de educação de um amigo sem o corrigir;
…de tratar amigos ricos e pobres da mesma forma;
…de enfrentar o mundo sem mentiras nem trambiques;
…de vencer a tensão sem auxílio médico;
…de relaxar sem precisar de recorrer ao álcool;
…de dormir sem precisar de remédios;
…de dizer honestamente que, do fundo do coração, não tem preconceitos religiosos, raciais ou políticos;

ENTÃO MEU AMIGO, NESSA ALTURA VOCÊ SERÁ TÃO BOM QUANTO O SEU CÃO!

Muita Luz!

Fontes: Foto retirada de "Mundo Animal"

domingo, 12 de fevereiro de 2012

AME SEM RECEIO A TODOS OS SERES!

O homem tem de voltar a entender que a nossa natureza é como é, simples.
Tem de deixar de lado dogmas e ideias de superioridade.
Tem de deixar de lado os bens materiais mas continuar a tê-los na mediada certa.
A Paz regressará aos nossos corações no momento em que a humanidade entender que não é preciso ser pobre, nem é preciso ser rico para conseguirmos ser seres iluminados.
Quando a humanidade for metade pobre e metade rica alcançará o cessar dos seus sofrimentos.
A grande questão pela qual todos lutam dia-a-dia, é pela busca da felicidade, pois ela só será conseguida quando conseguirmos parar a roda do sofrimento.
Como o conseguir?
Vivendo sem ódio, perdoando, amando todos os seres e respeitá-los sem distinção.
Nessa altura poderá finalmente alcançar a Paz e a verdadeira felicidade!
Ame a todos sem receio, Como a si mesmo!
Ana Maria

MUITA LUZ!

Foto retirada de:
Real Men Are Kind To A nimals (Oraganização sem fins lucrativos).

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Requena Nozal

A minha irmã tem um amigo espanhol, que é um Grande Pintor: José Requena Nozal.
Sou uma grande admiradora sua e da sua pintura, e gostaria de divulgar a sua Obra, para que os meus amigos também a possam conhecer.
Deixo-vos aqui um dos seus quadros – Hilanderas Tibetanas, que é um dos meus preferidos.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

BANDEIRA DAS FADAS

A BANDEIRA DAS FADAS , ou a parte que dela resta, encontra-se no Castelo de Dunvegan, na Escócia. Este famoso Estandarte do Clã Macleod,  AM BRATACH SITH (em escocês) preservado ainda hoje no Castelo, tem o poder de conceder ao seu dono três desejos. Encontra-se actualmente muito amarrotado, mas ainda são perceptíveis inscrições e vários trechos, que segundo o Clã Macleod estão escritos na língua dos Elfos. Existem várias versões e várias lendas acerca dela, mas a que eu sempre mais acreditei foi a de que: 


Um dos líderes do Clã Macleod, casou-se com uma fada. 
Após dar à luz o seu filho, e na data do seu primeiro aniversário, ela tinha de regressar ao País das fadas. Seu marido implorou-lhe que não voltasse e embora ela não gostasse de viver entre os humanos, amava-os muito e queria ficar mas não podia desobedecer. Então nesse dia saíram os três do Castelo e ao atravessar uma ponte chamada Beul-ath nan Tri Allt a Fada abraçando o seu marido e beijando o seu amado filho, deu-lhes um pedaço de seda amarelo e disse-lhes:
"Quando vocês ou alguém da nossa família estiverem em perigo, agitem este pedaço de tecido como uma bandeira, e eu virei em vosso auxilio, juntamente com o meu povo". 
Dito isto voltou para o Povo das Fadas.

Segundo registos históricos, a bandeira das Fadas foi usada em várias batalhas nos séc. XV e XVI que segundo a tradição foram todas vencidas graças aos seus poderes. 
Em 1940 um incêndio destruiu parcialmente a Bandeira, e hoje ela encontra-se muito bem guardada no Castelo Dunvegan e só os membros mais velhos do Clã Macleod podem ter acesso a ela. 
Consta no entanto ainda resta um desejo por realizar...


MUITA LUZ!

Fontes: imagem retirada de http://www.dunvegancastle.mmidev.co.uk/content/default.asp?page=s2_5
Texto extraído do livro: Magologia - O livro dos segredos de Merlin.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Este selinho recebi da minha amiga Elaine do blog: http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/ que recomendo que visitem. Esta brincadeira do selinho consiste em dizer sete coisas sobre nós, e recomendar sete blogues para participar, não se esquecendo de os avisar. Amei o selinho, por isso aqui vai sete coisas sobre mim:

- Sou Budista, espírita, pacifica e defensora de todos os seres, faço parte do GAT (grupo de apoio ao Tibet em Portugal)
- Amo todos os animais e sou sua acérrima defensora, sou sócia da União Zoófila e faço parte do PAN (partido pelos animais em Portugal).
- Amo a natureza e sou voluntária da LPN, activista da Greenpeace, da Amnistia Internacional e da Pobreza Zero.
 - Amo as crianças, sou madrinha à distância da HELPO ONG.
- Detesto pessoas  materialistas, superficiais gananciosas, desonestas e discriminadoras .
- Sou viciada em livros, amo ler. Sou viciada em Bonsais, tenho 18. Sou viciada em todo o tipo de trabalhos manuais.
- Sou viciada em boas energias, sou fã do espiritismo, sou esotérica, mística, gosto das ciências ocultas, de astrologia e sigo tradições celtas. Acima de tudo amo a minha familia, são o mais importante da minha vida, porque são mesmo a minha VIDA!

Blogues que eu proponho:
http://naturezadeluanegra.blogspot.com/
http://misturadeafectos.blogspot.com/
http://hospitalespiritualdomundo.blogspot.com/
http://nososcachorros.blogspot.com/
http://artemanianeusa.blogspot.com/
http://eco-acao.blogspot.com/
http://pontosdaana.blogspot.com/

Espero que aceitem esta "brincadeira do selinho", pois é a 1ª vez que participo, mas é muito interessante, pelo menos serve para nos conhecermos melhor.

Muita Luz!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...