terça-feira, 17 de abril de 2012


Faz hoje três anos que me despedi de ti,
Compreendo que tinhas de partir, respeito o que querias, mas não entendo até hoje porque apressas-te as coisas…

Ninguém pode nunca sentir na verdade o que sente um doente de cancro terminal, por isso, quando falaste para mim pela última vez e me disseste: “deixa ver o que é que isto vai dar…” nunca mais me vou esquecer de que tive a nítida sensação de que tu já sabias o que iria acontecer e só aceleraste o processo para nos poupar a dor e porque achaste que eras um fardo e que só nos davas trabalho.

Minha querida irmã Minda, eras mesmo a minha mana mais velha e a mais sábia dos mistérios da vida. Fazias parte das nossas vidas, não como um fardo, mas como a alegria que eu sentia sempre que chegava a casa e batia na tua porta, mesmo antes de entrar na minha casa. Nunca me deste trabalho nenhum com a tua doença, foi com todo o meu amor que te mudei pensos, tirei pontos esquecidos pelos médicos, te fiz massagens para descolar as costuras e pus cremes para hidratar as cicatrizes. Foi com muito amor que olhava para ti e te achava linda, enquanto tu te sentias tão feia por estares tão inchada devido à cortisona brutal que ingerias.

Lembro-me muito das longas conversas que tínhamos e dos risos doidos que dávamos, adorava roubar-te a tua almofadinha de sumaúma, e tu sempre deixavas eu dormitar um pouco com ela, dividia-mos a almofadinha. Como dividimos segredos, e alegrias. Criámos os nossos filhos juntas, estivemos sempre as duas presentes nas piores situações que os nossos filhos nos arranjaram, como partir os vidros das portas da entrada do prédio com boladas e outras peraltices, até que decidimos fazer um seguro para cobrir tanto disparate que eles faziam, mas nunca me lembro de nenhuma de nós se zangar com eles, e isso ninguém entendia. Sabes tive consciência da tua partida, mas até sentir na minha cara a poeira das tuas cinzas, a poeira e nuvem do que eras, só aí é que cai em mim e vi que fiquei sozinha!

Passados 3 anos, a dor ainda magoa o peito, mas sei que estás bem, livraste-te de um corpo doente e o teu espírito pode finalmente ser livre. Tenho agora consciência de que queremos sempre que quem amamos fique, por puro egoísmo. Por muitas saudades que eu tenha tuas, eu nunca iria querer que vivesses com dores ou infeliz.

Tenho sempre presente comigo um pensamento que me aflora à mente quando sinto mais a tua falta, é que tive a oportunidade de te dizer ainda em vida: “Mana, amo-te muito, gosto muito de ti” e dei-te muitos beijinhos. E tu olhaste para mim e sorriste!

Até um dia Mana Minda, onde nos voltaremos a encontrar. Pois a minha alma, conhece a tua e mesmo que passem séculos, procurar-nos-emos e iremos nos reunir e encontrar de novo!

Até logo, meu Anjo.

MUITA LUZ!

 

8 comentários:

  1. Amada foste uma previlegiada de poder viver um amor único assim.

    Mais a saudade machuca muito nosso coração.
    Fiquei muito comovida com seu depoimento, e acredite que senti sua dor. Pois hoje é um dia de tão grande alegria, pois acredite hoje é aniversário de minha amada irmã, estamos um pouquinho longe, mais nos falamos quause todos os dias por telefone.

    Ana que nessa noite você sinta o suave bater de assas de um anjo te afagando e consolando seu coração para que a saudade não machuque muito sua alma. Pois afinal nós somos humanas, cheias de amor e sensibilidade.
    Te adoro, sinta meus beijinhos de com cheirinho da brisa do mar.
    Pois hoje seria um dia que gostaria de estar aí no seu lado.
    Lua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lua, minha querida amiga, obrigada pela sua amizade e pelo seu carinho. O tempo passa, mas na verdade o amor nos nossos corações é imtemporal, talvez seja por isso que a saudade sempre volta. Parabéns para a sua irmã e faça-me um favor Lua, diga-lhe todos os dias e a toda a hora que a Ama Muito, é sempre muito gratificante e nunca sabemos se não serão estas as nossas últimas palavras que ouvirão.
      Beijinhos de Luz Branca.
      Ana Maria

      Eliminar
  2. Nossa que fada brilhante mais linda, quem te deu?!?!?!?!
    Vamos sorrir amiga, rsrsrsrs
    Beijos de fadas.
    Lua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém deu, eu tirei da net, já nem sei de onde.
      Desejo-lhe uma iluminada 4ª feira amigaaa.
      Beijinhos de Luz!
      Ana Maria

      Eliminar
  3. Mi niña:

    Sinto muito a perda de sua irmã. Lendo sua história me veio à mente tantos momentos difíceis passei com meu amado marido, há apenas dois anos.
    Foi muito difícil, como você diz, ninguém considera a dor tão grande que se sente ao ver um ente querido que está acontecendo com a doença tão dolorosa.
    Hoje eu digo como você,
    Um dia vamos nos encontrar lá, naquele lugar em que a dor nenhum.

    Um beijo desse pequeno pedaço de terra da Galiza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Gelois, lo siento por tu marido tambien, esses momentos siempre son muy dificiles. Fuerza para continuares seguindo tu vida. Para ti todo el mio cariño.
      Beijinhos de Luz!
      Ana Maria

      Eliminar
  4. Oi Amiga.

    Que convivência bonita que vocês duas tiveram!!!
    Abençoada sejam vocês!!!
    Infelizmente algumas pessoas partem antes de nós, e algumas vezes de uma maneira sofrida.
    Acredito que não importa o tempo, a saudade sempre bate quando alguém que amamos parte.
    A 25 anos perdi meu avô e sinto ainda muitas saudades.
    Talvez por eu morar tão longo de meus entes amados e queridos, eu tenha que lidar com a saudade de uma forma diferente... Mas, claro que não sou eu apenas, mas sim, existem outras milhares de pessoas na mesma situação.
    Amiga, p que posso dizer, é que lhe desejo muita luz, força e coragem.
    Esse anjo que esteve contigo aqui na Terra com certeza olha por ti lá de cima com muito amor e um dia irão se reencontrar.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Wilson, obrigada pelas suas carinhosas palavras, eu também acredito que a minha mana está lá em cima a velar por nós.
      Beijinhos de Luz!
      Ana Maria

      Eliminar

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...