segunda-feira, 5 de março de 2012

AVES DE PORTUGAL

MELRO-DAS-ROCHAS Monticola saxatilis
É uma ave da Ordem Passeiformes, Família Turdidae e a sua espécie é: Monticola Saxatilis (Linnaeus 1766), a fêmea possui cor acastanhada e apresenta malhas na plumagem, possuindo a cauda alaranjada. O macho possui cabeça e dorso azuis e a cauda e o ventre alaranjados, com uma característica mancha branca no dorso. É uma espécie caracteristica de zonas montanhosas, pois pousa geralmente em sítios altos como o topo de grandes rochas.  
Foto de Joaquim Antunes publicada em Aves de Portugal
http://www.avesdeportugal.info/monsax.html

É uma ave pouco comum e com uma distribuição localizada, nidifica apenas nas zonas de maior altitude das serras do Norte e do Centro de Portugal. É uma espécie Monotípica, não sendo por isso reconhecidas subespécies. É uma espécie estival, que chega geralmente em Abril e parte em Setembro.


MELRO-AZUL Monticola solitarius

Esta ave pertence à Ordem Passeiformes, à Família Muscicapidae e a sua espécie é: Monticola solitarius (Linnaeus 1758). É um guardião solitário de uma fraga ou de um velho castelo, o melro-azul faz-se muitas vezes notar pelo seu canto assobiado. É um passeriforme de tamanho médio, um pouco mais pequeno que o Melro-preto. O macho é facilmente identificável pela sua cor azul, que é particularmente intensa durante a época de reprodução e um pouco mais mortiça no Inverno. As asas são mais escuras e são frequentemente mantidas em posição “descaída”. A fêmea é acinzentada e os juvenis apresentam frequentemente manchas no peito. Muitas das vezes pode ser confundido com o Melro-das-rochas, mas este último tem a cauda e o peito cor-de-fogo. O melro-azul é residente em Portugal e pode ser observado no nosso país durante todo o ano. É geralmente uma ave solitária. Distribui-se de norte a sul do país mas a sua distribuição é bastante fragmentada e a espécie não pode ser considerada comum em nenhuma zona do território. No entanto, apresenta um grande sedentarismo e permanece durante todo o ano junto aos seus locais de reprodução.





MELRO-PRETO Turdus merula

Esta ave pertence à Ordem Passeiformes, à Família Turdidae e s sua espécie é: Turdus merula. O Melro-preto é uma das espécies mais reconhecidas, tornando-se notória a sua presença em zonas verdes das principais localidades do nosso território. Nos machos, a coloração geral é preta, bico alaranjado e auréola amarelada em torno do olho. Tanto no macho como na fêmea, as patas são compridas e a cauda também. O padrão geral das fêmeas e dos juvenis é acastanhado com algumas riscas ténues. Localmente abundante, o melro-preto é das espécies mais bem distribuídas pelo nosso território, ocorrendo numa variedade enorme de habitats, desde bosques e florestas, a zonas de pastagens com sebes, parques e jardins urbanos, matos densos e também galerias rípicolas. Está presente no país durante todo o ano.

Melro-d'Água Cinclus cinclus
Foto retirada de http://naturlink.sapo.pt/Natureza-e-Ambiente/Fauna-e-Flora/content/O-Guerreiro-da-agua?bl=1&viewall=true

Esta ave pertence à Ordem Passeiformes, à Família Turdidae e s sua espécie é: Cinclus cinclus. Esta ave é pequena e rechonchuda, com a cauda curta. A sua plumagem é predominantemente castanha, saltando à vista, a enorme mancha branca no peito. É o único passeriforme que mergulha. O seu voo é rápido e directo, como uma seta. O melro-d’água distribui-se principalmente pelas terras altas do norte, como a Serra da Peneda, na Serra do Grês, na Serra de Montesinho ou Serra da Nogueira. E no centro como, a Serra da Lousã ou no Rio Paiva na Zona de Castelo de Paiva. podendo ser visto na maioria das serras portuguesas. É uma espécie residente, que pode ser observada nos locais de reprodução durante todo o ano. http://www.avesdeportugal.info/cincin.html 
MELRO-DE-PEITO-BRANCO Turdus torquatus


Esta ave pertence à Ordem Passeiformes, à Familia turdidae, a sua espécie é: Turdus torquatus e é proveniente das terras altas e frias. Proporciona uma visão inesperada quando supreendido a comer bagas nos zimbrais do nosso território. É identico ao Melro-preto, diferenciando-se sobretudo pela distinta marca branca no peito em forma de crescente lunar. A intensidade da cor desta marca varia conforme o sexo e idade da ave, sendo mais nítida nos machos adultos, e mais pálida nas fêmeas e aves jovens. As asas dos exemplares desta espécie são um pouco mais pálidas que as do Melro-preto, sendo esta característica mais notada quando se encontra em voo. O Melro-de-peito-branco é sobretudo um migrador de passagem raro, ocorrendo também localmente como  invernante, de distribuição bastante localizada. É mais frequente em determinadas zonas do Litoral, como no Topo da Serra da Arrábida, nas Falésias junto ao Cabo da Roca ou no “Castelo” da Peninha na serra de Sintra. E nas Terras Altas no Interior, como nas zonas mais altas da Serra da Estrela e alguns registos nas Portas de Ródão. Pode ser observado no nosso território entre Outubro e Abril.

4 comentários:

  1. Ana minha amiga,

    Que pássaros lindos!!!
    Amo as avez.
    São tão lindas, livres e delicadas.
    Possuem um encanto único.
    Gosto de ver pássaros livres e não presos a gaiolas..
    Aprendi a amar esses pequenos com minha mãe, que ama de paixão.
    Seu post me fez lembrar do amor de minha amada mãe por estes seres.
    Que Deus a ilumine por essa graça.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou, eu também amo aves livres.
      Beijinhos de Luz.
      Ana Maria

      Eliminar
  2. Olá Ana,adorei sua presença no meu bloguinho,obrigado.Sabe,eu amo pássaros,adoro acordar com eles gritando e fazendo algazarra,aqui onde moro,não é perto de mata mas como eu tenho um quintal com um flamboyant e uma amoreira eles vem muito.Jamais colocaria na gaiola,meu coração chora de ver o bichinho preso.Um abraço..Lili.

    ResponderEliminar
  3. Olá Lilian, adorei conhecer o seu blog é muito criativo e gostoso.
    Tem razão eu também amo pássaros em liberdade,e o seu canto é reconfortante.
    Obrigada pela sua visita.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderEliminar

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...