terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

SÓ UMA MULHER É QUE SABE...

- O que é passar a vida inteira a lutar contra o seu próprio cabelo.
- O que é tentar dormir, enquanto o marido ressona a bandeiras despregadas.
- Fingir que está tudo bem, quando acaba de descobrir que o seu marido tentou pular a cerca. -
Comprar uma blusa que não combina com nada, porque o preço estava irresistível!

- De memória quem se casou, quem se separou, quem deixou a carreira e quem anda amantizado com quem com um simples olhar! 
- Ter uma bolsa que parece a necessaire da avó do 007, de tantas coisas acumuladas e incríveis que existem dentro dela.
- Falar de intimidades que os homens nem sequer imaginam.

- O quão irritante é ter sempre a tampa da sanita levantada para cima.
- O que é ser tratada como uma idiota pelos mecânicos de uma oficina.
- Fingir naturalidade durante um exame ginecológico. 
- O poder de uns jeans ou de uma blusa de lycra, para sustentar a estrutura do corpo.

- Ter crises conjugais, crises existenciais, crises de identidade, crises de nervos!
- Ser mãe solteira, mãe casada, mãe separada e... mãe do marido.
- Ver uma partida de futebol (só para fazer companhia ao noivo).

- Lavar as cuecas no chuveiro, e depois pendurar no toalheiro (para horror do sexo masculino).
- Comer uma caixa inteira de bombons porque brigou com o noivo, passar mal, e sentir-se destruída porque saiu da dieta.

- Escutar que... 'mulher ao volante é um perigo constante.'
- O que é depilar as pernas a cada 15 dias, com cera!
- Como se sente, quando rasga as meias à entrada de uma festa.
- Sentir-se pronta para conquistar o mundo, só porque está a usar um batom novo.

- Sentir-se realmente infeliz, porque não tem uma roupa linda para sair (embora tenha o armário repleto!).
- Chorar no banho, e olhar-se no espelho para ver qual é o melhor ângulo.
- O que é descobrir que a sua relação e o mundo se acabou... e depois descobrir que não era nada mais que a síndrome pré-menstrual.
- Colocar uma faixa apertada para disfarçar a barriga.

- Dançar, cantar e caminhar no sétimo céu... só porque 'ele' ligou ou escreveu. (ESTOU CERTO QUE TE AMO).
- Brigar, só para depois fazer as pazes.
- Dizer não, para que ele insista bastante, e depois dizer... sim!

- Chorar, extasiada de felicidade, e... rir, tomada de fúria...
- Ficar esperando o marido na cama, quando ele está a jogar videojogos no computador...
- O milagroso poder curativo de... um beijo..., um gesto..., e uma palavra doce.
- Ser santa, filósofa, mestra, médica, psicóloga, redentora, administradora, cozinheira, organizadora, juíza... e etc, antes de começar a pensar nela mesma. 
- O que é estar tão cansada depois de um dia de trabalho arrasador, duas horas de trânsito infernal para chegar a casa, os filhos reclamando atenção, os pets a necessitar de cuidados, estar a fazer o jantar com uma mão e com a outra confortar a sogra pelo telefone porque se sente sózinha e ainda ouvir o marido a dizer... tou mesmo de rastos, logo mais vou precisar que você me faça uma massagem!



ENFIM, SÓ UMA MULHER SABE O QUE É... SER MULHER!!!

Muita Luz!

(Imagens retiradas de pesquisa na net, desconheço os autores)

3 comentários:

  1. É assim mesmo! E isso... só nós sabemos.... eheheheh

    ResponderEliminar
  2. Oi amigaaaaaaaaaaaaaaa.
    Tem selinho para você no Anagic, se gostar é só pegar, ok
    Tenha uma linda 3ª feira.
    Beijos de alfazema.
    Lua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Lua, vou passar por lá.
      Beijinhos de alecrim.
      Ana Maria

      Eliminar

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...