sábado, 27 de agosto de 2011

VERÃO/FÉRIAS

Estou de férias mesmo, não tenho net nem computador, mas como o meu blog é um vício irresístivel, pedi a uma amiga para vir aqui de fugida só para dar um alô e vos dizer que, desejo muita saúde e energias muito boas e positivas para todos os meus amigos.
Muita Luz!

sábado, 13 de agosto de 2011

SOLIDÂO

Para encarar a solidão, e a realidade de estar sózinho nas situações mais duras e complicadas da nossa vida, temos de ter coragem. Coragem de olhar à volta e não ter amigos, não ter quem nos escute, é duro, mas essa é a dura realidade.
"Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros." (Clarice Lispector)

Para todos os que neste momento sofrem de algum modo, que vos reste o consolo de que não sofrem sózinhos...

Muita Luz!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

BOLO DE LARANJA E LIMÃO

 Ingredientes
1/2 xícara de chá de suco de laranja
Suco de 2 limões
1 gema
4 colheres de sopa de azeite de oliva e mais um pouco para untar
1/2 xícara de chá de açúcar
2/3 de xícara de chá de iogurte desnatado
1 1/2 xícara de chá de farinha de trigo e mais um pouco para o preparo da fôrma
1 colher de sopa de fermento em pó
4 claras batidas em ponto de neve firme
1 colher de café de raspas de limão
1 colher de café de raspas de laranja

Modo de preparar
No liquidificador, bata os sucos de laranja e de limão com a gema e o azeite de oliva.
Com calma, vá acrescentando o açúcar, sem parar de bater. Derrame esse líquido cremoso em uma vasilha. Coloque o iogurte e mexa bem.
Misture, à parte, a farinha de trigo com o fermento. Aos poucos, vá adicionando essa dupla de ingredientes secos ao creme na vasilha.
Mexa bem para obter uma massa bem homogênea. Agora, junte as claras em neve com delicadeza. Por último, as raspas de limão e de laranja.
Unte uma fôrma retangular com o azeite e enfarinhe. Despeje a massa.
Leve ao forno médio preaquecido por 40 minutos ou até que, no velho teste, o palito saia limpo.
Depois de frio, desenforme e corte em quadrados.

Esta receita e imagem foram-me enviadas pela minha irmã Tita, que adora como eu um bom bolo!
Espero que gostem.

Muita Luz!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

AVAAZ - PELO FIM DA TRAGÉDIA NA SOMÁLIA - ASSINE A PETIÇÃO


Mais de 2.000 pessoas estão a morrer por dia na Somália, numa onda de fome que ameaça matar de inanição mais de onze milhões de pessoas. Conflitos entre o regime somaliano do Al-Shabaab e as lideranças mundiais têm bloqueado a ajuda humanitária que poderia dar fim à fome, mas alguns países de destaque têm o poder de mediar um acordo para acabar com este sofrimento.
Há dezenove anos atrás, o mundo testemunhou a morte por inanição de 300.000 somalianos. Não permitamos que isso aconteça novamente.

A Avaaz.Org é uma comunidade de mobilização online que leva a voz da sociedade civil para a política global, Avaaz, que significa "voz" em várias línguas européias, do oriente médio e asiáticas, foi lançada em 2007 com uma simples missão democrática: mobilizar pessoas de todos os países para construir uma ponte entre o mundo em que vivemos e o mundo que a maioria das pessoas querem.

A Avaaz.Org mobiliza milhões de pessoas de todo tipo para agirem em causas internacionais urgentes, desde pobreza global até aos conflitos no Médio Oriente e às mudanças climáticas. O seu modelo de mobilização online permite que milhares de ações indivíduais, que apesar de pequenas, podem ser combinadas numa poderosa força coletiva. Não fiques indiferente, acede ao site da Avaaz.Org no link em baixo e ajuda, todos juntos somos muitos para fazer ouvir a nossa voz e ajudar a acabar com situações indignas e desumanas como esta!

PARTICIPA,  HOJE SÃO OS OUTROS, AMANHÃ PODEMOS SER NÓS!

http://www.avaaz.org/es/somalia_stop_the_famine_unsc/?copy

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

AS MINHAS REFLEXÕES

Tento manter a calma quando todos à minha volta já a perderam. Sinto a dor, vejo as armadilhas, olho as vidas estraçalhadas. Dou um sorriso, sempre um sorriso, para camuflar a lágrima, para calar um grito. Nesta corrida frenética e constante pela vida, não vivemos. Sobrevivemos simplesmente.

Muita Luz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...