quinta-feira, 6 de outubro de 2011


“A falta de amor é a maior de todas as pobrezas.
O que eu faço é simples: ponho pão nas mesas e compartilho-o.
Quem julga as pessoas não tem tempo para amá-las.”

Madre Teresa de Calcutá


Muita Luz!

6 comentários:

  1. Amada irmã,

    Maravilhosamente lindo!!! Um dos maiores exemplos de ser de luz de ser humano foi Madre Teresa.

    um abraço de luz

    ResponderEliminar
  2. Concordo consigo, irmã Esperança Madre Teresa foi um exemplo adorável e extraordinário de amor pelos seus semelhantes. É uma das minhas fontes de inspiração e de admiração.

    Muita Luz!
    Ana Maria

    ResponderEliminar
  3. Querida amiga, linda mensagem, o Planeta grita por amor. E a maioria dos seres humanos visa o exterior das pessoas, quando é dentro que todos somos iguais e, é lá que reside o espirito divino puro.
    Te desejo um final de semana de magia e alegrias.
    Beijos de amora (Já ti falei que tenho um pé de amora, que está carregada, ela é tão generosa compartilhando o frutos dela comigo.)
    Lua.

    ResponderEliminar
  4. Lua, e eu que amo amoras, faz uns bons anos que eu não como nenhuma, gosto de as apanhar no campo, mas como vivo na cidade não as compro não tem o mesmo sabor e são muito caras ihihih Cuide bem desse pé de amora, faça doce fica excelente para se comer no inverno, se quiser posso procurar a receita e passo para vc.
    Beijinhos de sininhos
    Ana Maria

    ResponderEliminar
  5. Minha amada irmã Ana Maria,

    Os artigos do meu amigo e irmão fraterno Dr. Ricardo Di Bernardi é de tocar o coração, sou fã de carteirinha. Realmente é muito especial a forma que ele aborda diversos temas, sua inteligência e sensibilidade não é para qualquer um. Todos os dias aprendo um pouco mais com ele, tenho crescido principalmente espiritualmente, amo seus artigos. Fui abençoada por ele ter autorizado que seus artigos sejam postados neste Hospital Espiritual.
    Quero agradecer por você ter compartilhado sua história tão especial com este espaço, iluminando ainda mais este dia. Sou espiritualista e a filosofia Budista sempre me chamou atenção, além da cultura egípcia e indiana. Tenho muitos cds New Age e alguns deles são de músicas Budistas. Me parece que a filosofia de vida Budista é muita bela, não saberia explicar-lhe no momento quais os sentimentos que me atraem para o budismo, adoro os templos e gostaria até de me aprofundar a respeito, talvez essa atração esteja relacionada com a minha ancestralidade. Existem dois filmes que realmente sou apaixonada que é o ULTIMO SAMURAI e ENTRE O SOL É A TERRA (já assistiu estes filmes?). Adorei sua frase: “decidi parar de enfiar a cabeça na areia como as avestruzes”, fico muito feliz que tenha encontrado-se como pessoa e principalmente seu elo espiritual. Também sou muito feliz com minha vida espiritual, na realidade fui abençoada. Saiba minha doce irmã que independente de um nome adequado, seja BUDA, OXALÁ, DEUS, JEOVÁ e outros o Grande ARQUITETO DO UNIVERSO arderá em nossos corações e iluminará nossas vidas. Sendo assim, não precisaremos crer em um nome especifico, simplesmente sabemos dele NOSSO PAI ETERNO porque passamos a senti-lo dentro dos nossos corações sua verdadeira e eterna morada quando aprendemos a amar o próximo como amamos a nós mesmos.

    Um abraço fraterno de muita luz

    ResponderEliminar
  6. Cara irmã Esperança, já assisti a esses filmes e são na verdade extraordinários, adorei. Obrigado pelas suas palavras e por também ser um ser tão bom e com uma paz de espírito tão boa. Em relação ao budismo se precisar de algo é só dizer, terei imenso prazer em ser útil.
    Abraço de Luz!
    Ana Maria

    ResponderEliminar

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...