domingo, 9 de outubro de 2011

COMPAIXÃO

O Budismo devolveu-me a paz de espírito de que tanto necessitava. Aprendi a meditar para me acalmar, o que resulta. Aprendi a filosofar e a questionar, pois no budismo filosofar e estar em constante aprendizagem é muito estimulante. Entre outras coisas aprendi a esclarecer uma dúvida muito comum. É que Compaixão não é o mesmo que "ter pena" de alguém. Porque quando sentimos "pena" por alguém, significa que nos sentimos superiores a essa pessoa, pelo contrário ter compaixão por alguém significa colocarmo-nos na pele dessa pessoa e sentirmos a sua dor como nossa.  Outra coisa, compaixão não se desenvolve, ou se têm, ou não têm. A pena desenvolve-se através do apego material e do nosso próprio ego. Felizmente durante este meu percurso aqui nesta vida nunca senti pena de ninguém, mas sim uma enorme e profunda compaixão por todos os seres sencientes.

Como referiu Sua Santidade Dalai Lama:
"Melhorar o Mundo, é melhorar os seres humanos. A Compaixão é a compreensão da igualdade de todos os seres, é o que nos dá força interior. Se só pensarmos em nós mesmos a nossa mente fica restrita. Podemos tornar-nos mais felizes e da mesma forma, também as Comunidades, Países e um Mundo melhor. A medicina já constatou que, quem é mais feliz tem nemos problemas de saúde. Quando cultivamos a Compaixão temos mais saúde."

Pratique a Compaixão, pela sua saúde!

Muita Luz!

6 comentários:

  1. Sabe amiga, o Brasil é um território muito grande, eu estou no Sudeste eles no Norte do País, então fisicamente eu estou muito longe, mais mesmo de longe resolvi fazer algo, então agradeço essa corrente do bem, quantos mais aderir, mais forte fica a corrente. Muitas aldeias você só chega de canoa, e algumas aldeias como MOXI HATETEME, um grupo de ianomâmis que não tem contato nem com outros índios, eles foram visto pela 1ª vez em mai/2011. Então você imagina o perigo de total extinção que essa e outra aldeias estão correndo por doenças transmitidas pelo "branco", e o problema não acaba por ai, por que o que não morrem por doenças, morre pela bala de uma arma.

    O que estamos fazendo é bem a sua postagem compaixão, com ação!!!

    Agradecida pelo carinho e amizade.
    Beijos de pinho no seu coração.
    Lua

    ResponderEliminar
  2. Apesar de viver no Japão a anos amiga Ana, não conheço bem o Budismo.
    Mas, pelo pouco que conheço, admiro muito...
    Sua mensagem é belíssima e provavelmente fará muitas pessoas refletirem...
    Amo este blog.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Amiga Lua, acabei de publicar o post sobre os garimpeiros, estou certa que vai rodar e fazer a corrente que esse "Povo das florestas" tanto necessita para que as leis mudem e as consciências se alterem. Vou divulgar também pelos meus amigos. Sabe a compaixão neste século também tem mesmo de ter acção, concordo consigo!
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderEliminar
  4. Olá Nós os cachorros, é muito gentil da sua parte, muito obrigado.
    Eu também amo o seu blog, sempre muito criativo e esclarecedor. Obrigado por ser meu amigo!
    beijinhos
    Ana Maria

    ResponderEliminar
  5. Ana, amei seu blog, fiquei encantada, parabéns e volte sempre no meu pois estarei presente neste seu espaço de paz e felicidade. Namaste Querida nova amiga!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Silvia, seja muito bem vinda aqui no meu cantinho minha amiga, sinta-se em casa. Adorei o seu blog também, e voltarei bastantes vezes para a visitar. Namasté Silvia!
      Ana Maria

      Eliminar

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...