segunda-feira, 16 de maio de 2011

O REINO INVISÍVEL DAS FADAS E DOS ELFOS

Há muitos, muitos séculos existiu um reino onde vivia uma princesa lindíssima chamada Etaine. A princesa tinha-se casado ainda muito jovem, por ordem do Rei seu pai. Não era infeliz, mas amava o seu marido só como um irmão, sentia que lhe faltava algo. Todos os dias, a princesa passeava pelo jardim e adorava nadar no lago que lá existia. O que ela não sabia era que nesse lago morava um Elfo. O seu nome era Midhir, fora coroado Rei das Fadas e dos Elfos devido à sua inteligência, à sua astúcia e rara beleza. Um certo dia quando Etaine nadava nas águas frescas do lago, Midhir viu-a e apaixonou-se por ela perdidamente. Decidiu que a conquistaria durante a noite, entrando muito silenciosamente nos seus sonhos e foi o que fez. Naquela noite Etaine sonhou com Midhir e apaixonou-se também, no dia seguinte Midhir apareceu diante da princesa, declarou o seu amor e pediu-lhe que se casasse com ele. Muito triste Etaine respondeu-lhe que só se poderia casar com ele, se o seu actual marido consentisse em se separar. Midhir imediatamente percebeu que o jovem príncipe marido humano da princesa jamais concordaria com tal separação, foi então que concebeu um plano. Separando-se de Etaine sossegou-a e disse-lhe que iria falar com o seu marido, para que ficassem juntos. No dia seguinte foi ao castelo encontrar-se com o marido da princesa.
- Quem és tu? – perguntou o príncipe ao jovem Elfo.
- Sou Midhir, o Rei dos Elfos. Vim aqui desafiá-lo para uma partida de dardos, pois disseram-me que era muito bom jogador.
- O marido da princesa riu-se e aceitou o desafio, mas quis saber qual era o prémio para o vencedor.
- Cinquenta cavalos! – respondeu o Elfo.
Começaram a partida de dardos e Midhir foi derrotado pelo príncipe. O Rei dos Elfos imediatamente desafiou-o para uma segunda partida, mas desta vez o prémio seria ainda mais alto, cem bois. E mais uma vez foi derrotado. Muito entusiasmado com as duas vitórias o jovem príncipe rindo-se desafiou o rei dos Elfos para uma última partida. Midhir aceitou mas disse bem alto:
- O vencedor desta partida terá como prémio aquilo que mais desejar.
Confiante na sua vitória o jovem príncipe aceitou. Só que dessa vez o Rei dos Elfos deixou de fingir que jogava muito mal e venceu a partida. Então como prémio reclamou:
- Venci e como prémio quero a sua mulher Etaine. E quero que ela se case comigo.
Ao perceber de que fora enganado o jovem príncipe ficou furioso, mas era um líder e como tal não podia quebrar uma promessa feita. Foi então que declarou que dessa data a um mês, entregaria a sua jovem princesa ao Elfo. Quando Midhir voltou ao castelo para buscar a princesa, esta estava cercada por centenas de guerreiros, o rei dos Elfos observou então atentamente a situação e subitamente levantou vôo. Passando pelos guerreiros e tomando Etaine nos seus braços, levou-a para o seu reino. Nesse dia teve inicio uma dura guerra entre o mundo dos homens e o mundo dos Elfos. O jovem príncipe ordenou que todas as florestas fossem vasculhadas, nem que fosse preciso derrubar árvores para encontrarem Etaine. Mas Midhir era muito inteligente e pronunciou umas palavras mágicas que a partir desse preciso momento tornaram o Reino das Fadas e dos Elfos invisível para os homens. Permanecendo assim até aos dias de hoje.
MUITA LUZ!

2 comentários:

  1. Oi, Ana Maria, sumi hahahaha, meu "HD" fritou,e com isso perdi meus arquivos, e fiquei sem clicar. Linda postagem, espero que esteja bem.
    Beijos iluminados.
    Lua.

    ResponderEliminar
  2. Olá Lua, já resolveu esse problema? Eu não entendo muito dessas coisas de "HD" e assim, mas se precisar é só dizer :)
    Beijinhos Brilhantes pra ti tb.
    Ana Maria

    ResponderEliminar

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...