quarta-feira, 9 de março de 2011


Um dia um jovem procurou Mozart e perguntou-lhe como deveria fazer para compor uma sinfonia. Mozart respondeu-lhe que ele ainda era muito jovem para pensar sequer em compor sinfonias, então o jovem muito indignado respondeu-lhe: Como é que pode dizer que eu ainda sou muito jovem para compor sinfonias, se o senhor mesmo as compôs com apenas dez anos de idade? Na verdade retorquiu Mozart, eu compus sinfonias com apenas dez anos, só que eu não precisei de perguntar a ninguém como o fazer.
Este episódio real segundo consta, fez-me pensar que as crianças prodígio vêem comprovar que isto acontece devido ao anterior progresso da alma, que esta experimentou, manifestam-se hoje como sendo uma lembrança do passado, isto é, de vidas anteriores que esse espírito viveu. Deste modo todos somos portadores de talentos, trazendo conhecimentos de vidas anteriores, ou seja tudo aquilo que aprendemos hoje nesta vida, nunca se perde, nem através dos tempos, permanece sempre no espírito. Reencarnamos não só para resgatar carmas de vidas passadas, mas também para terminar e evoluir trabalhos que foram começados noutras encarnações. Isto explica a razão porque algumas pessoas têm mais facilidade do que outras para determinadas áreas, seja nas artes, matemática, música ou no modo como os seres humanos se relacionam entre si. Seja de que modo for, não desperdice o seu tempo aqui na terra, viva intensamente cada minuto que passa dando-lhe o real valor que tem. E Aprenda, aprenda sempre coisas novas, estimule-se, concentre-se, esforce-se, porque o que não usar nesta vida poderá ser útil numa próxima reencarnação. Quem sabe?
Muita Luz!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado, o seu comentario estará visível após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...